quarta-feira, 24 de julho de 2013

Ludisia discolor - Orquídea Jóia





 Floração Junho 2013


O gênero Ludisia A. Rich. é representado por uma única planta, dai ser denominado monotípico, distribuido pelo nordeste da Índia, sudeste da Ásia até Indonésia. Sua única espécie é a exótica Ludisia discolor (Ker.-Gawl.) A. Rich, também conhecida pela denominação antiga como Haemaria discolor. Juntamente com os gêneros Anoectochilus e Macodes, são chamadas de orquídeas jóias (em inglês “jewel orchids“),    em razão do formato e cor realmente especial de suas folhas. As folhas da Ludisia discolor possuem um colorido vermelho escuro, quase marrom, com veias douradas que à primeira vista e mesmo para orquidófilos experientes terão alguma dificuldade em reconhecer na planta sem flores, uma orquídea. Fins do inverno e toda a primavera surge sua inflorescência ereta na ponta do rizoma rasteiro e ramificado medindo em torno de 15 cm de altura; crescendo à medida que as pequenas flores branco translúcido e mácula amarela na ponta da coluna, com cerca de  1,3 cm de diâmetro vão abrindo-se. Seu cultivo é extremamente fácil, e bem cuidada sua folhagem é atraente o ano inteiro, dai a razão de permitir seu crescimento e expansão em todo o vaso de tamanho médio a grande, preferencialmente plástico, com substrato comum usados para o plantio das violetas africanas, numa mistura de coco desfibrado, terra vegetal, carvão e pedriscos, para boa aeração e drenagem, evitando sua compactação, ou mesmo em compostos/substratos comerciais para violetas comprados em lojas de jardinagem ou supermercados. Permite fazer mudas pela simples quebra dos brotos laterais, que podem ser colocados em copo com água limpa, mantendo um nível médio de água para facilitar seu enraizamento, nada impedindo seja feito seu plantio direto no substrato. Regas periódicas normais e luminosidade de 50% sob telado de sombreamento. Evitar insolação direta que pode queimar suas folhas. Adubação normal e periódica no substrato. Pode ocorrer variação no padrão das cores e desenho das nervuras douradas nas folhas de plantas  oriundas de sementes ou mesmo com o passar do tempo e envelhecimento do seu rizoma.
 Classificação – Gênero: Ludisia A. Rich.; Espécie única: Ludisia discolor (Ker. -Gawl.) A. Rich., Tribo: Erythrodeae; Subtribo: Goodyerinae; Etimologia: Ludisia – origem desconhecida; Epíteto: discolor, do latim   (Bot.) referindo-se a coloração de suas folhas que diferem de um lado para o outro. Fotos abaixo da planta do cultivo da orquidófila Elza A.V. Ferreira Silva, de Morrinhos/GO.

3 comentários:

maria rosa de allan kardec ferrreira disse...

Elza e linda de mais, gostaria muito de adquiri
um vaso deste como proceder?



























MGloriaM disse...

Elza eu tenho uma disponível. Se tiver interesse posso te vender.
Basta informar seu email no comentário. Manterei sigilo.

Day disse...

Maria também tenho interesse!ja pesquisei bastante sobre esta orquídea!tenho interesse!caso vc tenha alguma muda para venda e para maiores informações