terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Cattleya dowiana var. aurea





Floração em 19 de fevereiro de 2011.
Origem: Orquidário Binot, Petrópolis - RJ - Brasil.
Aquisição: 05.02.2011

Esta raridade ganhei de presente, mais um desafio de cultivo e grande responsabilidade, principalmente por se tratar de espécie em extinção na natureza. 
Por isso ao longo dos próximos 12 meses vou aprender com ela suas manias e exigências, para quem sabe  receber em troca uma bela florada no verão de 2012.
Inicialmente já sei que ela gosta de muita luz, calor, alta umidade e detesta que suas raízes fiquem molhadas.

A Cattleya dowiana é nativa da Costa Rica, é unifoliada e apresenta pseudobulbos com 12 cm de comprimento por 04 cm de diâmetro, costuma apresentar de 2 a 6 flores que são emitidas no ápice do pseudobulbo nos meses de março a maio, a flor apresenta pétalas e sépalas amarelas com raios vermelhos (discretos) e labelo vermelho com raias amarelas, sem os dois "olhos" característica da C. aurea (Colômbia).
Há muitas variedades descritas na literatura, mas todas já desaparecidas.
Podemos afirmar que é uma planta que já foi muito usada em cruzamentos, para se ter uma idéia, em 1946 já havia sido descrito seu uso em aproximadamente 400 cruzamentos pela lista de orquídeas híbridas do Sander.
Pelo que observei nas pesquisas, já deve está extinta no seu habitat natural, que era em uma área restrita a leste da montanha central na Costa Rica (lado Atlântico do País), próximo aos rios Reventoson, Pacuare, Chirripo, etc. a uma altitude de 1400 metros acima do nível do mar, em árvores altas e frequentemente exposta à luz solar direta, sendo a região muito úmida (75 a 85% de umidade relativa do ar) a temperatura varia de 24°C de maio a novembro e até 17°C  de dezembro a abril ( estações do ano e clima na América Central). "Clima Equatorial".
A Costa Rica deve ter o mesmo clima da Amazônia, muito quente, verão a maior parte do ano; e um período pequeno de inverno. (são só duas estações durante o ano). Mas no habitat natural da Cattleya Dowiana, é montanha e por isso as temperaturas são mais baixas.

Nenhum comentário: