quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

Phragmipedium Schroederae




 
Floração Dezembro 2014
Phragmipedium é um gênero botânico pertencente à família das orquídeas (Orchidaceae). Foi estabelecido por Rolfe em Orchid Review 4: 330., em 1896, sendo sua espécie tipo o Cypripedium caudatum Lindl., hoje conhecido como Phragmipedium caudatum (Lindley) Rolfe. Seu nome vem do grego phragma que significa divisão, e de pedilon, chinelo, em referência referência às divisões internas de seu fruto e ao formato do labelo de suas flores.
Este gênero distingue-se dos outros gêneros desta subfamília por apresentar flores decíduas, ou seja, que se destacam depois de murchas, e apresentar ovário com três câmaras separadas, sendo todas espécies nativas do continente americano.
A sua distribuição ocorre em vasta área que vai desde o sul do México até a Bolívia e quase todo o Brasil do extremo norte até o Estado de São Paulo.
O cultivo das espécies de Phragmipedium é menos difícil que o de Selenipedium, todavia não tão fácil como o dos representantes do gênero Paphiopedilum, que por isso mesmo aparecem mais freqüentemente nas coleções. Em terra vegetal, com mistura de fibra de xaxim, areia e carvão, em lugares levemente ensolarados e bastante úmidos, elas se dão muito bem. São plantas sensíveis à qualidade da água, que não deve apresentar muitos sais dissolvidos em sua composição.

A espécie foi descrita por Lindley como Cypripedium.

O Phragmipedium Schroederae é um híbrido formado por 50% do Phragmipedium caudatum, 25% do Phragmipedium longifolium e 25% Phragmipedium schlimii.

Fonte:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Phragmipedium
http://www.delfinadearaujo.com/on/on40/Phrag_sidney_marcal/phrag_del/phrag_del%202.htm

Nenhum comentário: